Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Folhas Soltas

Folhas Soltas

As fibras também são nossas amigas!

Outubro 25, 2018

Laura Correia

 

Como já vos tinha dito há alguns posts atrás, tenho vindo a tomar alguns cuidados com a minha alimentação e a inserir aos poucos alguns produtos que antes não consumia. Hoje trago-vos uma novidade que descobri à pouco tempo: as cascas de psilio. 

Então, o que são as cascas de psilio? perguntam vocês. Pois bem, as cascas de psilio são as cascas da semente da planta plantago que ajudam na limpeza do intestino e, ao contrário das outras fibras, não causam tantos gases. Esta fibra é muito usada por quem tem problemas intestinais e não só, pois também ajuda a emagrecer (reduz o apetite) e é benéfica para quem sofre de diabetes! Elas podem ser utilizadas em papas, bolos, massa de pizza, pão, bolachas, crepes, panquecas... enfim, em quase tudo!

Adotei esta fibra sem gluten ao pequeno almoço, onde faço umas panquecas deliciosas! Deixo-vos aqui a receita se estiverem curiosos:

Ingredientes:

  • 1 ovo
  • 1/2 colher de sobremesa de psilio
  • 1/2 colher de sobremesa de farinha sem gluten
  • 1 colher de sobremesa de chia
  • 1 banana
  • 1 colher de chá de canela

Depois é só misturar tudo e levar à frigideira, como se fazem as panquecas normais. Como topping, normalmente opto por mel ou então algum doce caseiro.

E vocês, já experimentaram as cascas de psilio? Contem-me tudo!

Cuidados de pele no outono/inverno

Outubro 19, 2018

Laura Correia

Para mim, as estações mais frias do ano - outono e inverno - são as mais "chatas": aquele frio que, por mais que me agasalhe, custa a passar, a pele resseca, o cabelo tem tendência a cair mais... Por isso, faço muitas pesquisas sobre como cuidar da minha pele durante estas estações. Hoje decidi trazer-vos alguns conselhos que tenho aplicado no meu corpo e cabelo:

  1. Hidratação - é o ponto número um e o mais importante. Escolham um bom creme hidratante para a vossa pele e evitem usar bases de maquilhagem muito pesadas.
  2. Limpeza de rosto - os tónicos são muito importantes para uma limpeza de pele, precisamente por nos livrarem daquelas peles secas "chatinhas".
  3. FPS sempre - há aquele mito de que não precisamos de usar produtos com FPS (Fator de Proteção Solar) durante o inverno, mas é apenas isso - um mito. Apesar da radiação ser menor no outono e no inverno, ela está presente e pode danificar a nossa pele.
  4. Shampoos - peçam ajuda numa farmácia para encontrar o shampoo ideal, que proteja o couro cabeludo, evitando que o cabelo caia em demasia. Normalmente, lavo o cabelo de 2 em 2 dias e em água morna, ajuda muito a prevenir a queda.
  5. Gel de duche - optem por gel de duche ou sabonete hidratante, evitem aqueles muito agressivos e evitem tomar banho em água muito quente, pois resseca mais a pele.
  6. Cuidado com os lábios - nesta estação noto maior diferença nos meus lábios: ficam secos e, por isso, começam a "rachar". Protetor labial é importante.
  7. Beber muita água - podem nem ter muita sede, mas é importante que bebam muita água. É essencial para manter a nossa pele hidratada. 
  8. As mãos também merecem atenção - no meu caso, as minhas mãos sofrem mais com o frio, por isso ando sempre com um creme hidratante de mãos na mala, para aplicar durante o dia.
  9. Evitem o ar condicionado - eles ressecam muito a pele.
  10. Esfoliação - uma boa esfoliação ajuda a remover as peles secas.

É importante cuidarmos da nossa pele durante o ano todo, não apenas no verão quando vamos para a praia. E não é assim tão dificil. Depois de encontrarem os produtos adequados para a vossa pele e estabelecerem uma rotina, irão ver diferenças e a vossa pele agradece! Não se esqueçam que manter um estilo de vida saudável, com uma alimentação equilibrada e fazer exercício físico também traz ótimos resultados para a pele.

Um misto de emoções

Outubro 10, 2018

Laura Correia

Olá!

Como devem calcular, o estágio acabou há algum tempo e tenho-me sentido um pouco em baixo. Em parte, porque criei grandes amizades com todos os meus colegas de trabalho, e também com os pacientes do hospital. No entanto, acho que o que me deixa mais saudade é a ilha… o mar… poder sair à rua sem aquele stress característico das grandes cidades. Sinto aquela tristeza boa, sabem? Ao recordar os momentos que passei na ilha, as coisas que fiz… enfim. Sinto-me eternamente grata por tudo aquilo que a ilha me deu, e extremamente feliz por ter embarcado nesta aventura, que fez-me crescer e, sobretudo, apreciar mais sair da minha zona de conforto. Pois é verdade o que dizem, “a vida acontece fora da tua zona de conforto”.

Dou por mim a pensar em coisas tolas do trabalho, como a rapariga que não sabia onde ficava o seu órgão sexual, lembram-se? Mas que nos valeu horas de riso, que desanuviaram um pouco do ambiente caótico que é um hospital.

Mas, como nem tudo é mau, estou de volta à minha terra e à minha família. Apesar de ser por pouco tempo, estava a precisar de umas fériazitas… sinto-me bem, mas falta algo. Não sei, preciso embarcar numa viagem para descobrir a “peça do puzzle” que falta (quem sabe voltar aos Açores!).

Por enquanto vou aproveitar o máximo possível... quem sabe se no próximo post não tenha já descoberto qual a peça que falta!

Até breve

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D